segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Elaboração de um jornal em edição especial


TEMA: 30 anos de Nova República – 1984 -2014

Regras para organização dos grupos e do trabalho:

·        Os grupos deverão conter no máximo cinco alunos.
·        O trabalho será elaborado em sala de aula, podendo ser digitado ou passado a limpo em casa somente o que já foi concluído durante as aulas. A professora fiscalizará e dará um visto de autorização.
·        As imagens poderão ser retiradas de livros ou da internet, porém a charge tem que ser elaborada pelo grupo.
·        O tempo previsto para o término do trabalho é quatro aulas.

Sugestões de assuntos a serem trabalhados:

·        Problemas que levaram o Governo Militar ao fim (econômicos sociais e políticos).
·        As Diretas Já (quem, quando, onde porque).
·        A eleição de 1985 (indireta).
·        O Governo Sarney (inflação, planos econômicos).
·        O Governo Collor/ Itamar Franco (problemas econômicos, corrupção e impeachment).
·        O Governo FHC (economia, mudanças políticas e sociais).
·        Governos do PT - Lula e Dilma (economia, mudanças sociais: trabalho, saúde, educação, moradia, segurança).

Regras a serem observadas para a elaboração:

·        Usar folha de papel ofício, duas colunas para escrita, margem, ilustrações com fontes, se for editar no computador utilizar formatação Times New Roman, 12  para textos e 16 em negrito para as manchetes.Numerar as páginas a partir a contra capa.
·        Capa: deve conter o nome do jornal (em destaque), local e data, manchetes mais interessantes com pequeno comentário e indicação da página onde está a notícia.
·       Contra capa: colocar os nomes dos componentes do grupo identificados como editores. Uma carta do leitor que sugeriu a edição especial com a resposta dos editores do jornal, um texto de opinião do editorial, uma charge e uma crônica livre dentro do contexto do jornal.
·       Cadernos: cada caderno deverá ter no máximo 3  páginas, não sendo permitido deixar espaço em branco. Será elaborado um caderno de política, um de economia e um contendo questões sociais.
a)      Política: leis, atos do governo, partidos políticos.
b)      Economia: comércio, indústria, transporte, turismo, moeda, empréstimos, dívidas e emprego.
c)      Questões sociais: educação, distribuição de terras, moradia, segurança, greves, direitos trabalhistas, saúde.

Fontes básicas de consulta:

·   O livro didático adotado na escola.
·   Livros que relatem sobre o assunto.
Sites de pesquisa e informação (durante a elaboração do trabalho será permitido o uso do computador e o acesso à internet em sala de aula, não sendo, entretanto, obrigatório).

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Livin´on a prayer



Livin´on a prayer ( vivendo a base de uma prece)
Once upon a time ( Era uma vez )
Not so long ago ( Não muito tempo atrás)
Para obter o restante da letra e da tradução clique AQUI








sábado, 18 de outubro de 2014

Sabia Q?

Prédio da Câmara Municipal de Mariana-MG, inaugurado em 1795. Fonte ( acesso em 18/10/2014)
As primeiras eleições no Brasil ocorreram em 1532? Martim Afonso de Sousa, nomeado governador-geral pelo rei de Portugal, fundou a primeira vila do Brasil, batizada de São Vicente, que se constituiu no primeiro núcleo administrativo do país. Para a administração da vila, foi constituída a primeira Câmara municipal do Brasil, que seguia o modelo utilizado em Portugal desde a Idade Média.

Naquele tempo as câmaras eram constituídas por até quatro vereadores, com mandato de três anos, um  juíz ordinários[1], além de uma burocracia formada por escrivães, tesoureiros e dois almotacés (responsáveis pela fiscalização das obras públicas). A eleição era indireta,  havia votantes de primeiro e segundo graus. Os de primeiro grau eram os “homens bons”, que indicavam ao escrivão o nome de seis pessoas que seriam votantes de segundo grau e que escolhiam os oficiais das Câmaras. Excluíam-se os trabalhadores, degredados e judeus. (...) os eleitores eram geralmente os homens nobres de linhagem e seus descendentes.


Durante o século XVI e início do XVII, as atribuições dos vereadores eram variadas: a construção e conservação dos logradouros, a denúncia de crimes e contravenções, o auxílio aos alcaides no policiamento e até o julgamento, sem direito a apelação, dos infratores da lei. Exerciam assim funções executiva, legislativa e judicial.
Fonte  (acesso em 18/10/2014)

[1] Era o presidente das sessões da câmara municipal.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Transformações no Mapa Múndi com o fim da URSS

Bom dia pessoas!
Na aula de ontem notei em algumas turmas a distância entre a posição geográfica de alguns países no mapa múndi e o conhecimento necessário do espaço territorial global quando estudamos Guerra Fria e a desintegração da União Soviética.
Por isso, busquei em alguns sites, citados na legenda, imagens que se forem apreciadas e bem observadas, trarão para vocês mais informações a respeito de como está dividido o espaço geográfico mundial hoje e como era no final da década de 1980.
O terceiro mapa mostra a divisão política da extinta União Soviética. Vejam quantos países faziam parte dessa união! Separados da Rússia, muitos se dividiram e adotaram outros nomes. No mapa 4 temos a divisão mais recente que encontrei sobre o Leste Europeu. 
Espero que sejam úteis aos seus estudos.

MAPA 1

Fonte: http://www.guiageo-mapas.com/mapa-mundi.htm
 (acesso em 01/10/2014)

MAPA 2
Fonte: http://www.globalresearch.ca/articlePictures/map1942world1600.jpg
 (acesso em 01/102014)



MAPA 3
Fonte: Wikipedia (acesso em 01/102014)

MAPA 4


Fonte: http://cafehistoria.ning.com/photo/1980410:Photo:177?context=latest
( acesso em 01/10/2014)

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Resumo: Guerra Fria

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos e a União Soviética passaram a disputar a hegemonia econômica, militar, política e cultural. foram criados dois blocos de poder, um capitalista e o outro socialista. Essa oposição gerou uma corrida armamentista, ideológica e territorial, além do medo da Terceira Guerra Mundial, evitada apenas pelo poderio bélico nuclear em posse das duas superpotências e que não as poupariam da destruição caso fosse usado.
O grande símbolo da repartição do mundo foi a divisão da Alemanha em duas áreas de influência e ainda a construção do Muro de Berlim, que separava o lado socialista do lado capitalista.
Para salvar o capitalismo, impedindo que a revolução socialista avançasse pelos países capitalista com economia abalada no pós-guerra, foram criados o Fundo monetário Internacional ( FMI) e o Banco Mundial. Os Estados Unidos investiram no Plano Marshall, um programa de ajuda aos países capitalistas europeus e estendido ao Japão após a implantação do socialismo na China, garantindo prosperidade, dependência e ocidentalização.
O programa de reconstrução da Europa foi um misto de dinheiro do Plano Marshall, com a exigência de justiça social dos socialistas. Priorizava saúde, educação e direitos trabalhistas.
Nessa disputa, os adversários investiram em agencias de espionagem: a CIA norte-americana e a KGB soviética. O cinema foi usado como meio de propaganda dos sistemas através dos filmes. A corrida espacial representou a disputa pelo avanço tecnológico e a conquista do espaço.
A economia interna foi sustentada em grande parte pela corrida armamentista, tecnológica e aeroespacial. Os conflitos políticos e econômicos do período sofriam pressões e ameaças internacionais de bombas atômica e nuclear.
Cada bloco anunciava suas novas armas destruidoras. Isso levou o bloco capitalista a criar a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) para se defender de um possível ataque socialista. Já os soviéticos criaram o Pacto de Varsóvia, reunindo os Estados do leste europeu sob seu domínio.
Os países não aliados das potências formaram o bloco afro-asiático, na Conferência de Bandumg lutaram pela emancipação política em relação aos antigos impérios europeus.